Diálogo: pessoas criando significados umas com as outras e encontrando maneiras de continuar Harlene Anderson in PRÁTICAS COLABORATIVAS E DIALÓGICAS EM DISTINTOS CONTEXTOS E POPULAÇÕES: um diálogo entre teoria e práticas Grandesso Marilene A. Editora CRV

16/08/2019

pág 94 Wittgenstein falou de relacionamento e conversa como de mãos dadas}: os tipos de conversas que temos uns com os outros informam e formam os tipos de relação que teremos uns com os outros e vice-versa. O diálogo convida e requer de seus participantes um senso de mutualidade, incluindo respeito genuíno e interesse sincero em relação ao outro.

pág 95 o fator mais comum de uma terapia malsucedida era não ser escutado ou ouvido.

pág 96 escutar é parte do processo de tentar ouvir e compreender o que a outra pessoa está dizendo de acordo com a perspectiva dela. Requer que você cheque com o outro para saber se o que você pensa que ouviu é aquilo que ele espera que você ouvisse.

pág 97 A não resposta do terapeuta, os fez sentir sem importância, desacreditados, duvidosos, e assim por diante.

pág 97 "nada é tão terrível quanto a falta de resposta" Jaakoo Seikkula (2003)

pág 99 um terapeuta deveria aprender as expectativas do cliente sobre terapia e terapeuta.