FINK, David Harold. Valorize sua personalidade cultivando as relações humanas. In: Valorize sua personalidade cultivando as relações humanas. 1964.

14/01/2019

pág 37 Sempre terá que haver uma brecha entre a necessidade e a satisfação.

pág 48 As pessoas sentem-se frustadas e confusas quando suas atitudes estão em conflito. Então elas pedem socorro. Algumas procuram os conselhos de um psiquiatra. A psiquiatria é a arte e a ciência de ajudar as pessoas na modificação de suas atitudes.

pág 53 é essencial uma pessoa ser necessária aos outros.

pág 58 estão também descobrindo que uma depressão nervosa é a desordem física do sistema nervoso automático, muitas vezes ocasionada pelo crescimento habitual de conflitos interiores e tensão nervosa.

pág 60 para repousar você deve começar acomodando-se numa posição que permita aliviar toda e qualquer tensão em suas juntas de articulação, e distribuindo, de maneira proporcionada, o peso de seu corpo.

pág 67 a essência do método científico é a disposição de modificar-se em seus pensamentos. O cientista almeja sentir-se à vontade neste mundo, portanto está sempre disposto a trocar de lugar o seu mobiliário mental.

pág 73 a terapia de ajustamento do Dr. Alfred Adler chamou a atenção para o fato de que a pessoa faz reduzir o conflito interior quando consegue se colocar em harmonia com as forças de seu ambiente; A terapia de Adler poderá ser resumida nestas poucas palavras : auto-expressão em trabalhos de utilidade ao gênero humano. Procure alguma coisa que precisa ser feito, algo que lhe de prazer em fazer. Em seguida, ponha mãos à obra e divirta-se. Encontrar equilíbrio  feliz entre o trabalho, divertimento, amor e veneração ajuda enormemente  aproveitar  vida.

pág 79 Adaptar-se ao seu ambiente e fazer adaptar seu ambiente às suas necessidade, é tão importante para si.   Colocar-se a par de seu ambiente não é apenas repousante, induz também a pessoa a enxergar a vida por uma perspectiva melhor. Faz restaurar o equilíbrio.

A maior riqueza da vida é dada àqueles que aprenderam a ver e a sentir ricamente os significados múltiplos de suas experiências cotidianas. 

Os psicanalistas tentam ensinar: como pensar em si mesmo e em seus problemas de forma objetiva.

pág 88 Se você aprender a repousar, suas avaliações serão mais realísticas; qualquer coisa que tentar fazer, terá melhor probabilidade de ser bem sucedida. Se fizer melhores ajustamentos sociais ou físicos, repousará ainda melhor. E se adquirir o hábito de fazer avaliações fiéis-ao-fato, terá menos desapontamentos.

pág 109 As crianças são ensinadas a gostar de seus vizinhos, a cooperar, e a repartir suas posses e experiências. São ensinadas, mais ou menos efetivamente, a serem leais para com suas famílias, a serem bons parceiros, a serem bons esportistas, e a serem tolerantes e até indulgentes para com outras pessoas. Aqueles que aprenderem essas técnicas, assim como os ideais que os relacionam prazeirosamente com os outros, serão os afortunados.

pág 129 Aprendendo como repousar, você modificará seu sistema de tensões corporais e, dessa forma, estará ajudando a si mesmo.

pág 153 O homem tem que amar a si próprio moderadamente, antes que possa amar outrem em maior escala. O amor verdadeiro é o transbordamento de uma grande abundância de auto-reverência e auto-aceitação.

pág 156 o que faz sentido para você, depende das sensações que experimenta com mais vigor.

pág 162 dois mil e trezentos anos atrás, Dr. Hipócrates compreendeu que o temperamento era baseado na estrutura corporal. Ele fez a distinção entre quatro tipos diferentes de personalidade, que classificou como sendo os coléricos, os sanguíneos, os fleumáticos, e os melancólicos.  Relacionava esses tipos com as noções que tinha sobre a química corporal. Julgava que o corpo continha quatro fluídos ou humores diferentes, e que o temperamento de uma pessoa dependia da maneira pela qual esses humores se combinassem.

pág 176 é muito importante para sua própria praz de espirito, então, que você faça duas coisas. Primeiro que tudo, descubra o temperamento que é o seu natural, e não entre em luta contra o mesmo. Ao contrário, compreenda, controle, e o dirija. E adore isso, acima de tudo, pois isso vem a voce com a assinatura da máxima autoridade.

pág 181 controlamos o sentimento aprendendo a repousar.

pág 203 Se nossas atitudes colidem com as das pessoas em volta de nós, aprendemos, bem ligeiro, a reter, para nós mesmos, os nossos sentimentos.

pág 208 quando escrevemos no papel o que queremos fazer, ter e ser, começamos a nos encarar objetivamente. Por isso, essa fórmula o ajudará a descobrir os padrões de atividade que lhe dará as maiores satisfações. Também o habilitará a renunciar abertamente àqueles padrões de vida que não se acomodam com os seus desejos mais profundos.

Pessoas bem sucedidas tem cultivado o hábito de nunca negarem a si mesmo seus verdadeiros sentimentos e atitudes.

pág 217 a sabedoria em conhecer o que você não poderá modificar e a sabedoria em aceitar essa limitação, são assuntos a serem estudados, o que é livre para quem o quiser fazer.

pág 223 por mente queremos dar o significado do processo de criar e utilizar símbolos. Utilizamos bem nossa mente quando utilizamos símbolos proveitosos. 

Mas o mapa não é a mesma coisa que a cidade representa. Cada qual representa um nível de abstração diferente.

pag 235 Freud disse que os sonhos formam a estrada real que leva ao subconsciente.

pág 261 as palavras com as quais você se avalia o beneficiarão ou prejudicarão ao encarar seus problemas de maneira efetiva.

pág 300 o grau de controle que uma pessoa exerce sobre o seu ambiente, mede a sua habilidade de organização de vida e de controlar seus próprios pensamentos.

pág 326 em vez de falar a respeito de suas opiniões expresse seus sentimentos.