Learning to learn - Trinidad Hunt Scribd audiobook

03/08/2018

O professor chega quando o aluno esta pronto - proverbio.

Recebemos o equipamento adequado para sobreviver na Terra, mas não recebemos treinamento.

Aprender é nossa principal função durante a vida. Sem aprendizado não há crescimento, mesmo sem educação formal uma criança do nascimento até o sete anos aprende através dos modelos e observação.

Desde nosso nascimento recebemos mensagens de nossos pais e professores, sobre nossas capacidades, nossas ações, nossas performances. Pressão dos pais e professores influenciam nosso comportamento e moldam nossa personalidade. A programação consciente e inconsciente cria uma percepção limitada de nós mesmos  e de nossas habilidades. Essas percepções limitadas nos deixam disfuncionais e em nossas habilidades de aprendizado, e nos prendem e abaixa a autoestima.

Logo abaixo da superfície da nossa consciência encontram-se nossas crenças limitantes. Através da janela de nossas crenças fica o mundo das nossas experiências . Se a janela pelo qual vimos o mundo é limitada, nosso comportamento também será limitado.

Nossas crenças mais criticas são as crenças que guardamos sobre nossas capacidades.  

Medo do fracasso - nos imobiliza antes de iniciarmos. A vida funciona, sai da frente e deixe que ela funcione, faça pequenas atividades e as conclua, assim que você as termine perceba que atitudes funcionam e quais não funcionam e perceba que todos os obstáculos como oportunidade de aprendizados. Quando você estabelece pequena metas e as alcança sua confiança aumenta nos preparando para metas maiores no futuro.

Medo do sucesso - Normalmente se auto sabotam dissipando sua energia em diferentes direções ao mesmo tempo, deixando várias tarefas incompletas e justificam seus resultados medíocres  com a justificativa que não possuem tempo suficiente para fazer tudo. A vida é sempre bem sucedida, portanto sai da frente e deixe que a vida caminhe para nós. 

Medo de ser diferente - pode levar as pessoas a sacrificar sua própria individualidade em face dos costumes e cultura da maioria. Se apresenta normalmente no Colegial através de hábitos inconscientes  e modifica nosso comportamento. Mas somos diferentes então devemos celebrar nossas diferenças.

Medo de mudança - sair da zona de conforto. O que é confortável vira hábito, todo sistema busca o equilíbrio, e por isso que hábitos antigos são duros de alterar, pois todo o sistema precisa mudar, mesmo que não sejam saudáveis. Muitos vezes nos deparamos com comportamentos indesejáveis, mesmo que sejamos conscientes que eles nos prejudiquem. As emoções envolvidas no aprendizado do desconhecido também estão sempre misturadas, excitação e ansiedade.

O processo de fazer mudança em etapas.

1. negação - não há nada que precisa ser melhorado. (estou bem como eu sou).

2. aceitação - se continuar nos expondo a novos ideais e novas possibilidades nos eventualmente  entraremos no processo de aceitação. (período de incubação).

3. desejo - o desejo faz com que a mudança seja uma possibilidade. A mente e o corpo desejam fazer uma diferença. Sem nosso consentimento a mudança não ocorrerá.

4 - decisão - quando você aceitar a mudança e possuir o desejo de mudar uma ação se faz necessária para atingir o objetivo.

5 - ação - é melhor sair da zona de conforto um passo por vez. pois os velhos hábitos ainda estão escondidos dentro de você, se puxar para fazer uma alteração radical não funcionará. A quantidade de resistência que ocorre em cada mudança será equivalente a mudança que você deseja alterar.

R = D +S

Resistence = Distance plus 

cap 5

Atitudes e bloqueios no aprendizado