Mindset A nova piscologia do sucesso by Carol S. Dweck

29/07/2017

Capítulo 3 - A verdade sobre aptidão e realização

Muitos adolescentes mobilizam seus recursos não para apender, mas para se proteger. A sindrome do menor esforço pode ser vista como uma forma de afirmação de independência dos adolescentes em relação aos adulots, mas é a maneira do mindset fixo se proteger.

Para os estudantes de mindset de crescimento parar de se esforçar não faz sentido. Para eles, a adolescência é uma época de oportunidades: tempo de aprender novas matérias, tempo de descobrir do que gostam e o que querem ser no fuuro.

Eles estudam para aprender e não apenas para passar.

Alfred Binet (o inventor do teste de inteligência) acreditava ser possivel transformar qualitativamente o cérebro de uma pessoa.

O mindset fixo limita as realizaçoes. Enche a mente das pessoas com pensamentos perturbadores, torna desagradável o esforço e leva a estratégias de aprendizado inferiores.

Para Twyla Tharp em seu livro o hábito criativo, a criatividade não é uma ato mágico de inspiração, é o resultado de trabalho árduo e dedicação, até mesmo para Mozart.

Na verdade, mais de 80% dos pais acham que é peciso elogiar a habilidade das crianças para estimular sua confiança e suas realizações. Contudo essa atitude esta errada e cria a mentalidade do mindsetfixo.

Elogiar a capacidade reduz o QI das crianças, enquanto que elogiar os esforços eleva o QI.