Ribeiro, Marco Aurélio de Patrício Técnicas de aprender : conteúdos e habilidades / . – Petrópolis, RJ : Vozes, 2012

28/03/2020


PAG. 7 Técnicas de aprender, tal como são tratadas aqui, significam a possibilidade de aprender a aprender, desenvolver o autodidatismo, a autonomia. Estes são desafios urgentes dos nossos tempos.

Unidade I Técnicas de aprender conteúdos
P. 9 Estudar é criar e recriar, inferir (operacionalizar o aprendido); só assim o conhecimento terá real valor
A falta de
motivação tem sido responsável por um enorme número de fracassos acadêmicos
P. 10 A motivação está ligada aos diversos aspectos das cognições humanas, em
especial à emoção e à atenção, possibilitando que o indivíduo motivado fique mais atento e perceptivo aos estímulos do meio, inclusive armazenando em sua memória uma maior quantidade de fatos e informações

O "interesse entusiástico e motivacional" é, portanto, um dos segredos para evoluirmos em nosso modo de estudar e no desenvolvimento de potenciais.

MOTIVAÇÃO E METAS


p. 11 A negativa em buscar novas metas está atrelada muitas vezes à baixa autoconfiança, à baixa autoestima, à dependência psicológica de outros e a uma "acomodação resignante". Creia, não existe nada impossível.

p. 11 A autossugestão faz com que o indivíduo acredite implicitamente ser capaz de realizar muitas coisas

p. 12 Motive-se e desenvolva suas capacidades

• Acredite em si mesmo. 

• Relembre, sempre, suas conquistas e vitórias na vida. 

• Perceba o belo e o harmônico que existe em sua volta. 

• Estimule pensamentos e atitudes positivas em você. 

• Foque nos fatos positivos, crie um ambiente de alegria dentro de si. 

• Elogie os outros e a si mesmo.

 • Renove-se constantemente, seja aberto ao novo, não tema mudanças.

 • Aproveite as oportunidades que o rodeiam, reclame menos.

• Descubra o que o motiva, descubra suas aptidões (no que você é bom) e seus interesses. 

• Inove e seja criativo. 

• Pratique; a prática leva à perfeição. 

• Seja empático, dialógico e proativo

Abra horizontes, aprenda a aprender, aperfeiçoe-se e desenvolva seus conhecimentos e capacidades. Aprenda sempre, em todo lugar, a toda hora e com todo

Planeje-se, aprenda a ter um plano de ação. 

• Amplie sua autoconsciência.

 • Controle suas emoções, em especial a ira. 

• Aprenda a se automotivar.


Como organizar o tempo do estudo

p. 15 É necessário que se desenvolva um hábito de estudo que lhe levará a concentrar-se mais, tornando o conteúdo estudado mais fácil de ser aprendido e o tempo de estudo mais eficaz.

p. 16 Outra coisa importante é que ao término de sua sessão de estudos você deve procurar realizar atividades prazerosas para a mente e para o corpo (esportes, ver filmes, ler, entre outras)


Como tornar mais produtivo o estudo

(p. 16) Para tornar o estudo mais produtivo observe as seguintes orientações:

 a) Reserve sempre um mesmo período do dia para realizar as tarefas escolares, evitando consumir o tempo reservado ao estudo. 

b) Procure um lugar sossegado para estudar, verificando se todo o material que precisa está à mão. Esse lugar deve ser gostoso, arejado e silencioso - deve ser um cantinho isolado do mundo.

c) Estude mais a disciplina de que mais gosta. Isso lhe tornará imbatível nesta matéria, mas lembre-se de também estudar as disciplinas em que tem dificuldades ou que não gosta; vai dar trabalho, mas deve-se fazer um esforço para aprende-las

d) Distinga "não gostar do professor" com "não gostar da matéria". 

e) O medo de tirar má nota atrapalha o estudo. Não estude por nota, estude porque ficará diferente e melhor. 

f) Ninguém aprende nada sem se interessar. Procure criar interesse. Uma pessoa inteligente descobre interesse nas tarefas mais enfadonhas.

g) Caso esteja com problemas pessoais, não se culpe por não conseguir estudar. Procure aconselhar-se com alguém.

h) Não estudar em sequência as matérias parecidas, uma pode atrapalhar a outra. Intercalar Português com Matemática, Física com História etc. A mudança de método é uma forma de descanso mental.

i) Faça da escola apenas um lugar de orientação. Estudo mesmo é o que se faz por conta própria. Não espere que o professor "meta a matéria na cabeça" do aluno. O máximo que ele pode fazer é orientar.

j ) Organize um horário não só para estudos, mas para todas as suas atividades.

k) Cuide também do ambiente de estudo, não deixar que as circunstâncias atrapalhem o trabalho.

l) Fixe o lugar e as horas em que estuda, isto o ajudará a obter concentração e transformar-se-á em hábito.




(cont)

Horário de estudo

p. 17 O segredo está em descobrir qual é essa forma eficiente de estudar, e não em estudar mais tempo

p. 18 Em geral, o aluno acha que o tempo passa muito depressa e, no fim do dia,

tem a sensação de que não realizou quase nada. Isto acontece devido a uma falta de planejamento do que fazer. Se não há um plano, tudo parece importante.

p. 115 Estudar é, pois, ir do sincrético (global) pelo analítico (pesquisa e investigação)

etapa 1- títulos + introdução + conclusão

criar perguntas sobre o assunto para serem respondidas.

etapa 2 - sincrese - idéias mais importantes e comparar com o que ja sabia

etapa 3 - análise do texto (analítica) - criar esquema, transforme o texto em itens. = identificar os conceitos-chave as informações mais relevantes. identificar a idéia por parágrafo.

etapa 4 - sintese das informações - retirar tudo que não for essencial